Entrevistas Lilo&Stitch com o escritor Greg Pak

Tem havido muito entusiasmo em torno da próxima série LILO & STITCH dentro da linha Disney. É a primeira abordagem adequada de bandas desenhadas estendidos para a franquia, e o escritor Greg Pak é a combinação perfeita. Tem havido vários meios de comunicação a contactá-lo para falar sobre a série e diulgá-la aos fãs. Reunimos os destaques até agora para conferires e compartilhares com outros fãs!

AIPT – Greg Pak fala sobre boas vibes e alienígenas estranhos em ‘Lilo & Stitch’
“Eu adorei o filme quando ele foi lançado. A sua combinação de elementos grandes e divertidos de ficção científica, personagens cativantes de origens sub-representadas, heróis oprimidos e jornadas emocionais incrivelmente comoventes atingiram todos os meus botões da maneira certa.”

THE BEAT – ENTREVISTA: GREG PAK torna-se global com LILO & STITCH
“Lilo e Stitch são um par fantástico de personagens. E acho que o que realmente os torna cativantes são suas falhas, que são enormes e hilárias, mas também comoventes emocionalmente, à medida que os vemos lutando com suas circunstâncias e as consequências de suas ações. Passei grande parte da minha carreira a escrever (os chamados) monstros, então sou realmente atraído por personagens com grandes falhas, personagens que cometem erros, personagens que realmente lutam e personagens que se sentem excluídos e oprimidos. Eu adoro ambos!”

COMICON – Talking Dynamite’s ‘Lilo & Stitch’ com o escritor Greg Pak
“Eu também escrevo Darth Vader, então a raiva tem sido um tema muito importante no meu trabalho há anos. Acho que personagens com problemas de controle da raiva são extremamente atraentes porque todos nós experimentamos muita frustração, medo e raiva todos os dias neste mundo imperfeito. Personagens fictícios dão-nos uma ótima maneira de desabafar indiretamente… e então talvez, explorar as consequências desse tipo de ação de uma forma segura. Acho que estes tipos de personagens são especialmente fascinantes e importantes para leitores mais jovens, que muitas vezes têm menos ferramentas para gerir as suas emoções.”

Pede antecipadamente!